31 de Janeiro de 2014

Atum à Brás

Cá em casa todos gostam de um bom prato "à Brás".

Seja com bacalhau, com frango ou mesmo com atum, sempre que faço este tipo de receita se mais houvesse mais se comia!

Hoje cheguei cansada a casa (dia cheio e produtivo!!!) e o jantar teria que ser algo que não me desse muito trabalho.

Saiu um Atum à Brás feito à minha moda e, como sempre, não chegou para as encomendas!!

E agora dizem vocês: "Oh OuiOui, mas o Atum à Brás não tem muita gordura?? Refogado, batatas fritas... tens a certeza??"

E agora respondo eu: "Não, não tem. Ou melhor, o tradicional até tem, mas o meu NÃO!".




Ingredientes: (4 pessoas)
  • 3 latas de atum ao natural em conserva La Gôndola
  • 200gr de batata palha (ok, confesso, foi a olho e não sei muito bem quanto pesava!)
  • 6 ovos
  • salsa
  • azeitonas
  • flor de sal


Preparação:
  • partir a batata em tiras finas, secar com um pano e colocá-las na Actifry até ficarem estaladiças (regadas apenas com uma colher de azeite extra virgem); para quem não tem Actifry, pode fazer o mesmo processo mas no forno do fogão e ir mexendo as batatas de vez em quando para não queimarem
  • na frigideira wook, misturar o atum escorrido com as batatas "fritas" e envolver com os ovos (batidos como se fosse para omelete)
  • quando começar a secar, retirar do calor e deixar repousar um pouco
  • retificar o tempero
  • concluir com azeitonas e salsa. 

12 de Janeiro de 2014

Brunch de fim de semana

Os finais de semana são sempre dias de mais preguiça e de horários menos rígidos.

Não que isso signifique menos cuidado na alimentação! 
Apenas quer dizer que se faz tudo com mais calma e que, caso apeteça, não há qualquer problema em juntar na mesma refeição o dejejum e o almoço.


Omelete de quatro claras e uma gema com recheio de feijão preto e mistura de cinco pimentas Suldouro.
A acompanhar, duas quenelles de batata doce com sementes de chia.


10 de Janeiro de 2014

Comer com os olhos!

Faz agora precisamente um ano que a minha rotina alimentar mudou.

No último ano aprendi a conhecer os alimentos, a olhar para eles como fonte de nutrientes, a vê-los como um combustível para as minhas necessidades e não apenas como uma forma de satisfazer as minhas necessidades básicas de alimentação.

Sinto-me indubitavelmente mais saudável, menos cansada, com mais energia... 
Para além disso, perdi peso e gordura. 
Perdi 11,5 quilos (desci aos 50kg) e quase 14 pontos percentuais de massa gorda (estou com 20%).

O segredo?
Muito simples. Comendo.
Isso mesmo.
Tudo isto foi conseguido comendo e não passando privações.

Começar o dia com uma boa refeição e distribuir o que se come pelas refeições seguintes de forma organizada.
Sabem o ditado: pequeno almoço de rei, almoço de príncipe e jantar de pobre?
Isso mesmo!!

Fazer refeições bonitas, que nos começam a saciar muito antes de chegar à boca também é fundamental.
Pratos coloridos, cores vivas, combinações improváveis... o importante é imaginar, concretizar, provar e gostar!!!
Comer com os olhos é uma das chaves para se chegar lá. 

E nem é preciso ser grande espiga na cozinha. Eu não sou e desenrasco-me bem!
Não sei cozinhar grandes pratos, não sei fazer receitas elaboradas (nem gosto).
A minha praia passa por "coisas" simples, que impliquem pouco trabalho e pouco tempo de confeção.




Receitas de mingau / papas de aveia AQUI.

30 de Dezembro de 2013

Ainda o detox do organismo!

Ainda na onda das sugestões de detox do organismo, hoje um mingau com maçã!

Podem ver a receita do mingau de aveia AQUI.



A maçã verde é uma fruta bastante interessante, graças ao seu sabor e à sua tabela nutricional (rica em aminoácidos, cálcio, ferro, pectinas, magnésio, nitrogénio, fósforo, potássio, flavonóides e muitos outros componentes).

Propriedades da maçã verde: 
  • Anti-inflamatória, anti-cancerígena, anti-ácida e, dependendo da dose, pode ser antidiarreica ou servir como um suave laxante. 
  • Também pode servir como atenuante da pressão sanguínea ou ainda antitérmico.

29 de Dezembro de 2013

Detox natalício

Os dias em torno do Natal e da Passagem de Ano costumam ser fartos e calóricos!

Deixo aqui algumas sugestões de refeições detox que, não sendo de todo "comida de grilo", nos ajudam a limpar o organismo sem querermos subir paredes por causa da fome.


EM JEJUM

Suco desintoxicante e termogénico.

 

Ingredientes:

    1 laranja 
    1 araçá (ou 1 limão) 
    2 folhas de couve 
    1 pouco de gengibre 
    1 copo de água gelada 

Liquidificar e beber de imediato.


PEQUENO ALMOÇO / CAFÉ DA MANHÃ

Meia hora depois do suco, um mingau funcional de aveia.


Mingau de aveia sem glúten com (muita) canela e sementes de chia.

Ingredientes:
  • 250ml de leite de amêndoas (ou outro) - equivale a um copo grande cheio 
  • 30gr de flocos de aveia - equivale a duas col de sopa cheias 
  • 1 col sopa de sementes de chia 
  • 1 col de sopa de stevia (adoçante) 


Preparação:
  • Misturar tudo numa panela, no fogão. 
  • Assim que começar a ferver, baixar a temperatura para que o leite não derrame. 
  • Continuar sempre a mexer. 
  • Desligar quando ganhar uma consistência gelatinosa (cerca de 10 minutos). 
  • Ter em atenção que depois no prato o mingau ainda ganha mais alguma consistência.

A aveia ajuda o intestino a limpar toxinas e gordura. 
É rica em fibras que ajudam na formação do bolo fecal e na eliminação de toxinas e moléculas de gordura. 
Além disso, a aveia possui propriedades alcalinizantes, essenciais para uma boa desintoxicação.Mingau de aveia sem glúten com (muita) canela e sementes de chia.


AO LONGO DO DIA

Apostar nos chás ou infusões.
Os chás e infusões são excelentes para aliviar a retenção de líquidos e, consequentemente, o inchaço que tanto nos incomoda por estes dias. 
Desta vez optei e sugiro o chá de cidreira, tão tradicional em Portugal (em casa da minha avó havia sempre chá de cidreira feito!!).


O chá (infusão) de erva cidreira tem propriedades diuréticas, à semelhança do chá verde e das infusões de erva-doce, capim-limão, maçã com canela, camomila, hibisco, cavalinha, dente-de-leão e cabelo de milho.


JANTAR

O dia deve terminar com uma refeição leve.
Uma sopa de legumes, acompanhada de uma proteína (neste caso, peito de frango).

A sopa tem água e fibras. 
Este facto, só por si, já põe o intestino a trabalhar.
Esta, como levou pimenta, tem o acréscimo do efeito termogénico.


Sopa detox com pimenta:
  • 1 cebola
  • 1 courgette / abobrinha
  • 2 dentes de alho
  • 5 folhas de couve
  • flor de sal
  • pimenta branca
  • azeite extra virgem
  • água


Preparação:
  • Colocar um fio de azeite extra virgem no fundo da panela, depois a cebola e tudo o resto. 
  • Quando começar a ferver, baixo a logo a temperatura e deixar ficar assim, em fogo baixo, durante 20 minutos. 
  • Os legumes vão começar a suar (sim, suar de transpirar!). 
  • Depois é só juntar a água e quando ferver de novo desligar e triturar.


23 de Dezembro de 2013

Mingau funcional de aveia com chia

Lá fora um frio típico de Inverno...

Cá dentro o quentinho de um mingau de aveia acabado de fazer!



Ingredientes
  • 250ml de leite de amêndoas (ou outro) - equivale a um copo grande cheio
  • 30gr de flocos de aveia - equivale a duas col de sopa cheias
  • 1 col sopa de sementes de chia
  • 1 col de sopa de stevia (adoçante)

Preparação
  • Misturar tudo numa panela, no fogão. 
  • Assim que começar a ferver, baixar a temperatura para que o leite não derrame. 
  • Continuar sempre a mexer. 
  • Desligar quando ganhar uma consistência gelatinosa (cerca de 10 minutos). 

Ter em atenção que depois no prato o mingau ainda ganha mais alguma consistência.  

22 de Dezembro de 2013

Pão de alfarroba com batata doce

Hoje foi dia de brunch!

Levantar tarde, preguiça no máximo, frio lá fora...
Os domingos cá em casa são sempre mais relaxados em termos de horários!

Um café XXL e um pão de alfarroba com batata doce a abraçar dois ovos estrelados foram, portanto, a opção.



Ingredientes
  • 100gr batata doce cozida, sem casca
  • 1 col sopa sementes de chia
  • 1 col sopa água
  • 1 col sobremesa farinha de alfarroba (pode ser trocada por outra farinha)
  • 1 ovo inteiro
  • 1 pitada de sal
  • ervas da Provença, erva doce e pimenta a gosto (tudo da Suldouro)
  • 1 col café fermento 


Preparação
  • Triturar tudo, exceto o fermento que deverá ser incorporado só no final. 
  • Untar um pirex com azeite extra virgem ou óleo de coco e colocar o preparado (a consistência da massa fica parecida com um puré grosso). 
  • Levar ao forno 180º durante 25 minutos OU ao microondas potência máxima durante 6 ou 7 minutos (depende do mw).

21 de Dezembro de 2013

Balanço das Corridas Missão Sorriso



Depois de cerca de 3.000 pessoas terem cruzado a meta na 1ª Corrida Missão Sorriso da 56ª Volta a Paranhos, no passado dia 8 de dezembro, no dia 15 de dezembro, a Corrida Missão Sorriso de Lisboa do 56º Grande Prémio do Natal contou também com mais de 3.000 participantes, ao correrem e caminharem pela luta contra a fome.

De forma a envolver a sociedade civil no combate a este flagelo nacional, o Continente aliou-se a duas das mais antigas e consagradas corridas do país - a 56ª Volta a Paranhos no Porto e o 56º Grande Prémio de Natal em Lisboa, ao doar 6.000 cabazes alimentares à Cruz Vermelha Portuguesa.

Todos os cabazes alimentares, resultantes do número de participantes que cruzaram a meta nas Corridas Missão Sorriso de Lisboa e do Porto, serão distribuídos por famílias carenciadas, identificadas pela Cruz Vermelha Portuguesa, de acordo com as necessidades mais urgentes de cada região. Esta é uma iniciativa que visa suprimir as necessidades básicas de muitas famílias portuguesas que procuram apoio junto da Cruz Vermelha Portuguesa.

Como Embaixadora da Missão Sorriso, agradeço a participação de todos os que uniram o país num exercício de promoção de um estilo de vida ativo, saudável e solidário!

“Levar um sorriso a quem mais precisa, neste Natal, é a nossa meta!"


Para visualização das fotos e classificações das provas do Porto e de Lisboa, clicar AQUI.

17 de Dezembro de 2013

Omelete com babata doce

Mais uma variação da omelete cuja receita publiquei AQUI.

Desta vez recheei com batata doce cozida e queijo fresco sem gordura.
Por cima, uma mistura de 5 pimentas da Suldouro.


Uma forma rápida de cozer a batata doce:

  • lavar a batata
  • enxugar muito bem com um pano
  • picar a batata com um garfo em vários pontos
  • embrulhar num guardanapo de papel
  • levar ao microondas durante 4 minutos (mais um pouco se for uma batata grande) na potência máxima
  • deixar repousar um pouco, depois de desligar
  • cortar ao meio e retirar a casca

14 de Dezembro de 2013

Sorrisos para dar e receber!

Amanhã (domingo, dia 15) terá lugar a segunda Corrida Missão Sorriso, em Lisboa. 
Mais uma vez, enquanto embaixadora desta iniciativa, vestirei a camisola e tentarei ajudar na distribuição de sorrisos e na promoção desta interessante iniciativa!


Fazendo um balanço à Corrida/Caminhada do Porto (que aconteceu no último domingo, dia 8), foram cerca de 3.000 pessoas a cruzar a meta. Eu e os meus filhos estivemos lá!


 


De forma a envolver a sociedade civil no combate a este flagelo nacional, o Continente com o seu programa de responsabilidade social Missão Sorriso, aliou-se a uma das mais antigas e consagradas corridas do país - a 56ª Volta a Paranhos, doando 3000 cabazes alimentares à Cruz Vermelha Portuguesa.


A Corrida do Porto teve como embaixadoras a Maria João Clavel (do blog Clavel's Cook), a Magda Dias (do blog Mum's the boss) e eu própria (Teresa Pinto, já agora!).


O ambiente foi fantástico!
A vontade de repetir é enorme!
Amanhã, em Lisboa, há mais!


O frio e a (minha) atividade física

Confesso que me custa muito sair de casa para fazer uma atividade física no inverno... 

O frio é muito (ainda não estamos no inverno e já temos temperaturas negativas), o ar congela as extremidades e nem o sol (muito sol, felizmente) nos aquece ao fim de muitos quilómetros!

Mas eu costumo dizer que quem quer arranja um jeito e quem não quer arranja uma desculpa! 
Portanto, nada a fazer! 
É vestir roupa roupa, colocar gorro, luvas, perneiras e cachecol e siga!!!




Desta vez foram mais de 12km, em boa companhia!
Fazer caminhadas acompanhada dá outro ânimo. 
Falo por mim! 
Sou faladora nata e ter com quem falar durante (neste caso) duas horas é uma animação! 


Amanhã há mais!

13 de Dezembro de 2013

Parceria Contar Calorias

A partir de hoje, a OuiOui Saudável conta com a ajuda de um parceiro muito interessante - o Contar Calorias! 
No Contar Calorias vocês identificam o que estão a comer e o site faz as contas!!
Para quem, como eu, trabalha muitas horas no computador, acaba por ser mais fácil do que utilizar uma app no telefone (já instalei várias e acabo sempre por me esquecer de usar). 
Como aceder? Basta entrar em www.contarcalorias.com.br, escrever o que comemos e voltar sossegadamente ao nosso trabalho. Só isto??? Sim, só!
Resumindo: entramos no site, fazemos o registo/cadastro, dizemos o peso atual e o peso desejado e pronto. O Contar Calorias faz o resto.
E agora as criticas!!! "Ah e tal, mas tu dizes que não contas calorias, que só te preocupas com os nutrientes e tal e coisa!!!" 
VERDADE! Mas o site também faz o resto! Ok, chama-se Contar Calorias mas na verdade faz muito mais que isso. 
O melhor é mesmo visitarem e tirarem as vossas conclusões.
Eu gosto e recomendo. Mas cada um depois fará o seu juízo!

12 de Dezembro de 2013

Pão de aveia e quinoa, sem glúten

Hoje é dia de publicar uma receitinha de pão!

Há muito que deixei de ter o hábito de comer pão todos os dias (antes era um vício...).
Mas de vez em quando lá apetece e, quando assim é, rapidamente desenrasco um pão quentinho a estalar de bom!

O de hoje tem por base a aveia.
Aveia sem glúten.
Muita gente diz-me que a aveia é um cereal com glúten e que é incorreto referir-me a ela como um alimento sem esta proteína... Pois, lamento, mas trata-se de pura desinformação...

A aveia, na sua origem, não tem glúten.
O glúten é depois adquirido por contaminação cruzada com o trigo (as máquinas que processam o trigo são geralmente as mesmas que processam a aveia). E pronto, dá-se a contaminação.

Mas há aveia sem glúten à venda no mercado! Basta que, para isso, tenha sido sempre tratada de forma estanque, sem contacto com os cereais que efetivamente têm glúten na sua constituição (trigo, cevada, centeio...).



Ingredientes:

  • 1 ovo
  • 2 claras
  • 3 colheres de sopa de farelo de aveia
  • 1 colher de sopa de grãos de quinoa (previamente demolhados durante 1h e escorridos)
  • 1 colher de sobremesa de sementes de chia
  • 1 colher de chá de fermento


Preparação:

  • misturar tudo (deixar o fermento para o final)
  • levar ao microondas, 3 minutos, potência máxima, num pirex retangular
  • (será mais saudável fazer no forno, mas demora mais tempo e quando se tem pressa nem sempre dá para aguardar!!)
  • partir a meio, rechear e tostar na sandwuicheira (em recheei com queijo creme magro Laticínios das Marinhas)